Dissertation Writing service Buy Dissertation Online essay writing service cheap essay writing PROJETOS DE EXTENSÃO | Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas
 

PROJETOS DE EXTENSÃO

Projetos de Extensão

O que é Projeto de Extensão?

São projetos criados a partir de conhecimentos adquiridos no ensino e na pesquisa, cujos participantes são professores, alunos e comunidade. Os Projetos de Extensão podem acontecer no formato de cursos, eventos, oficinas, prestação de serviços, entre outras atividades. Estas iniciativas ajudam a ampliar visões sobre diferentes assuntos, trocar experiências, aprender novas práticas bem como fortalecer a relação entre as Instituições de Ensino e a comunidade. O CODAI/UFRPE desenvolve os seguintes Projetos de Extensão, ano 2020:

 

I Ciclo de Palestras em Educação Ambiental, Relações Étnico Raciais e Educação em Direitos Humanos para professores da Educação Básica

Coordenador: Prof. Everaldo Nunes de Farias Filho

Colaboradores: Profa. Louise Claudino Maciel; Profa. Marta Milene Gomes de Araújo e Prof. Márcio Romerito da Silva Arcoverde

Resumo

Cada vez mais é exigido das instituições de ensino e, consequentemente dos professores, planejamentos e ações pedagógicas que insiram essas temáticas de forma interdisciplinar e transversal em suas práticas educativas. A legislação brasileira conta com diversos documentos oficiais que orientam a inserção de temas hodiernos como a Educação Ambiental (EA), as Relações Étnico-Raciais e os Direitos Humanos no currículo escolar da educação básica devido às novas demandas que surgem na atualidade. Assim, o presente projeto tem a intenção de promover ações de extensão no sentido de proporcionar eventos de formação continuada sobre os temas Educação Ambiental (EA), Relações Étnico-Raciais e Direitos Humanos para professores da educação básica de São Lourenço da Mata e regiões circunvizinhas.

 

Ensino da dança popular na escola

Coordenadora: Profa. Carla Caroliny de Almeida Santana

Resumo

O projeto visa apresentar a comunidade escolar e acadêmica uma parte da cultura nordestina, no que se refere as danças populares que compõem as principais manifestações culturais e artísticas do nordeste. Desta forma, os alunos e a comunidade em torno da escola, terão a oportunidade de vivenciar e aprender as danças populares dos diferentes ciclos festivos. Além disso, o projeto visa a partir dessas ações educativas compor apresentações de dança para expor nos eventos acadêmicos e festivos da instituição.

 

Produção e conservação de volumoso ao alcance do pequeno produtor

Coordenadora: Profa. Carolina Câmara Lira

Colaboradores: Prof. Benedito Luiz Correia, Prof. Douglas Moreira de Oliveira, Profa. Mércia Virginia Ferreira dos Santos, Prof. Márcio Vieira da Cunha, Profa. Suely Alves de Lima Agra e Bolsista Pós-doutorado Osniel Faria de Oliveira.

Resumo

Os pequenos produtores, em sua maioria, tem dificuldade em tecnologia e informações técnicas de qualidade para o desenvolvimento das suas atividades rurais, seja pela pouca presença da assistência técnica oficial, seja pela falta de organização em cooperativas. Neste contexto a proposta do projeto é capacitar os pequenos produtores da Zona da Mata Norte de Pernambuco quanto a produção, conservação e utilização de forragem com técnicas econômicas de manejo e sustentável. O projeto será composto de ações de capacitação através de cursos, oficinas e palestras; bem como a implantação e manutenção de unidades demostrativas e produtivas de plantas forrageira, capineira e banco de proteína. A terceira ação do projeto será um dia de campo demostrando todas as técnicas e inovações desenvolvidas durante o projeto, criando assim, multiplicadores (alunos e produtores rurais) para que essas ações sejam desenvolvidas em outras unidades.

 

e-Lixo: Disseminando práticas socioambientais de descarte de resíduos eletroeletrônicos em São Lourenço da Mata - PE

Coordenador: Prof. Marcílio Ferreira de Souza Júnior

Colaboradores: Prof. Douglas Moreira de Oliveira, Prof. Everaldo Nunes de Farias Filho e Bolsista de Extensão Ane Gisely da Silva Pereira.

Resumo

São considerados e-lixo os resíduos de equipamentos eletroeletrônicos correspondentes aos materiais que foram descartados sem a finalidade de reutilização, como computadores, celulares, tablets, televisões e similares. O e-lixo é um resíduo sólido que por ser composto por metais tóxicos pode acarretar sérios danos ao meio ambiente e a saúde da população. Em 2018, a prefeitura do município de São Lourenço da Mata - PE sancionou a Lei N° 2.649 que instituiu o Programa de Coleta Seletiva de Lixo Eletrônico e Tecnológico na Zona Rural e Urbana. A presente ação extensionista tem como objetivo disseminar junto à população do município de São Lourenço da Mata - PE, com foco nos estudantes da educação básica, práticas socioambientais de descarte de equipamentos eletrônicos em desuso, através de encontros presenciais de sensibilização sobre os impactos ambientais através de parcerias com duas escolas públicas e uma organização não-governamental especializada em economia circular e processamento de resíduos eletroeletrônicos, quando serão esclarecidos aos estudantes os procedimentos adequados de tratamento e destinação. As práticas socioambientais que serão abordadas na ação se referem, entre outras, ao consumo consciente, separação do lixo e política dos R’s (reciclar, reutilizar e reduzir), com caráter interdisciplinar por envolver docentes das áreas de informática, biologia e engenharia ambiental.

 

Empreender o que já sei fazer: incentivo ao empreendedorismo para egressos do curso técnico em alimentos do CODAI/UFRPE

Coordenador: Prof. Rodrigo Barbosa Acioli de Oliveira

Colaboradores: Profa. Ana Paula Costa de Lucena, Profa. Aurenice Pontes Loio Vaz e o Bolsista Guilherme Gomes de Lira.

Resumo

Por que profissionais da área técnica de alimentos empreendem muito pouco? E por que a grande maioria dos empreendedores de alimentos não possui formação técnica na área? Diante desses questionamentos, surgiu o projeto de extensão “Empreender o que já sei fazer” que terá o objetivo de incentivar o empreendedorismo entre os egressos do curso técnico em alimentos não atuantes no mercado de trabalho, formados pelo Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas da UFRPE (CODAI) entre os anos de 2008 a 2019. O projeto será executado pelo bolsista de extensão com apoio dos professores do curso técnico em alimentos do CODAI entre os meses de março a dezembro de 2020. A metodologia do projeto consistirá em identificar e cadastrar egressos do curso técnico em alimentos formados desde 2008. Em seguida, será traçado o perfil profissional desses egressos. Posteriormente, serão oferecidos módulos de capacitação para estimular o empreendedorismo: Tendências, gestão e marketing de negócios na área de alimentos. Ao término da capacitação, os participantes do projeto receberão ajuda para delinear um plano de negócios e organizar uma Feira de Empreendimentos Alimentares para apresentar suas ideias na cidade de São Lourenço da Mata. A partir dos resultados encontrados, pretende-se fornecer um feedback para a coordenação do curso sobre possíveis ajustes no projeto pedagógico, assim como promover atualização profissional e incentivo ao empreendedorismo local.